CENTRAL DE ATENDIMENTO: (21) 3237-9200  |  CONTATO@IBOL.COM.BR  |  INTRANET  |  INÍCIO  |  

IBOL - Instituto Brasileiro de Oftalmologia

Acidentes oculares: como evitá-los?

Casos graves e não tão raros como a perfuração do olho com objetos pontiagudos, queimaduras com líquidos quentes na cozinha ou com produtos de limpeza e plantas tóxicas foram tema, entre outros assuntos, da última reunião científica realizada no IBOL. Com apresentação do Dr. Oswaldo Ferreira Moura Brasil e auditório cheio, os casos foram debatido pela equipe de médicos do IBOL.

Segundo o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), quase 80% dos casos de acidentes oculares envolvendo crianças ocorrem em casa. Vários são os riscos como explosão de garrafas de refrigerantes, espingarda de pressão, produtos tóxicos e pontiagudos como facas, garfos e tesouras.

O CBO recomenda tomar cuidado quando cozinhar. O cabo da panela deve ficar virado para dentro do fogão e assim evitar que líquido quente respingue e queime os olhos. Produtos de limpeza também podem provocar acidentes nos olhos. Esses podem causar queimaduras químicas, assim como medicamentos sem prescrição médica e que sejam aplicados em doses diferentes do que recomendado. As plantas espinhosas, tóxicas, o cigarro e os animais que arranham ou bicam são outros riscos que devem ser evitados.

Os olhos são órgãos extremamente sensíveis e os acidentes podem causar sequelas graves como a cegueira irreversível. Segundo a CBO, a boa notícia é que 90% dos traumas oculares em geral podem ser prevenidos.


© 2017 IBOL - A cópia deste conteúdo está autorizada, desde que citada a fonte.