CENTRAL DE ATENDIMENTO: (21) 3237-9200  |  CONTATO@IBOL.COM.BR  |  INTRANET  |  INÍCIO  |  

IBOL - Instituto Brasileiro de Oftalmologia

Revista SBAO - Acreditação - novembro 2017

REVISTA SBAO - DEBATE

Benefícios do processo de acreditação para um hospital oftalmológico

 

POR QUE PERSEGUIR UM SELO DE ACREDITAÇÃO?

 

Felipe Fernandes Prado

Pós-Graduado em Administração de Empresas pela FGV - Fundação Getúlio Vargas e Pós-Graduado em Gestão da Saúde e Administração Hospitalar pela UNESA. Atualmente é Gestor Administrativo do IBOL - Instituto Brasileiro de Oftalmologia. www.ibol.com.br

Novembro de 2017

Vivemos um tempo de rápidas mudanças e quebras de paradigmas nos modelos de gestão empresarial e, em especial, na área hospitalar. O mundo que vivíamos, sem as conexões estabelecidas atualmente e a intensa circulação de informações, acabou e, muita vezes, não nos damos conta. O Google nada mais é que uma página em branco, com um retângulo vazio no centro, com um patrimônio imobilizado que vale quase dez vezes mais que a Petrobras. Em junho deste ano, o Facebook bateu a marca de dois bilhões de contas ativas mensais, o WhatsApp tem mais de um bilhão de usuários e a compra deste último pelo bilionário Mark Zuckerberg lhe custou 22 bilhões de dólares. Qual a receita? Nós pagamos alguma coisa? Existe anúncio? Receita zero! Como é possível! Se não encararmos as novas relações estabelecidas com o advento da Internet, jamais seremos capazes de entender a atualidade. O mundo industrial e seus profissionais capacitados nos séculos passados ficaram para trás. Hoje, o conhecimento se transformou no maior poder de produção. Os sujeitos mais poderosos não plantam e não fabricam nada: sim esta é a principal característica do século XXI. Não vivemos numa época de mudança, estamos numa mudança de era! Não dá para viver nesse mundo sem dados, sem informações. Quem fará a diferença é quem tiver os melhores profissionais.

Você já se deu conta da quantidade de marcas que há décadas pareciam gigantes promissoras, e hoje nem existem mais? Em todos os setores, há pelo menos uma grande empresa que desapareceu: Kolynos, Intelig, Banco Nacional, Mappin, Arapuã, Banco Bamerindus, Banespa, Varig, Yopa, entre tantas outras.

Fusões, aquisições, falências e estratégias de marketing foram responsáveis pela extinção de marcas famosas do mercado brasileiro. Algumas delas, porém, ainda estão vivas na memória de nós consumidores e ainda atraem novos clientes ao se reinventarem, investirem em novas tecnologias, em informação e no contínuo aperfeiçoamento de profissionais, visando sua motivação e a busca, com isso, por resultados de excelência.

Criado em 1970, o IBOL tem o lema “com os olhos no futuro”. E o que significa essa curta frase de cinco palavras? Investimento no que vem por aí, prever cenários nos mais diversos e adversos momentos para uma administração hospitalar eficiente, visando oferecer o que há de ponta associado a um atendimento humanizado para seus clientes.

Nessa diretriz, iniciou há três anos um trabalho para melhorar a qualidade e monitorar possíveis riscos nos serviços oftalmológicos prestados em sua sede e filiais. Um trabalho que envolve todo o seu corpo de médicos e funcionários para a acreditação junto à Organização Nacional de Acreditação (ONA).

O processo para obtenção do selo ONA é voluntário, periódico e reservado, e tem previsão de término após um ano e meio – período no qual as instituições buscam atender a critérios de segurança, incluindo desde aspectos estruturais até procedimentos de gestão.

Manter o selo num período de médio e de longo prazo é um grande desafio e apenas cerca de 460 instituições brasileiras de saúde possuem esse selo. A acreditação é um processo contínuo de aprimoramento desde a entrada dos pacientes e seus acompanhantes com a correta identificação no serviço de saúde, passando pelo atendimento, consultas, exames, por uma comunicação adequada, o funcionamento da farmácia em resposta às demandas dos médicos e até detalhes da limpeza. A ONA objetiva a promoção de um processo constante de avaliação e aprimoramento nos serviços de saúde, visando melhorar a qualidade da assistência no país. Tudo é visto pelos avaliadores nas visitas de diagnóstico, manutenção e certificação e as instituições devem apresentar soluções definitivas com protocolos estabelecidos para atividades e/ou problemas corriqueiros.

Existem três níveis de acreditação: o nível 1, que tem como critério principal a segurança do paciente, incluindo aspectos estruturais, administrativos e assistenciais. As instituições que atendem aos padrões desse nível são consideradas Acreditadas. Já o nível 2 foca na integração da gestão, com processos mapeados, gerenciados e plena comunicação entre as atividades. A instituição que atende a esses padrões recebe o selo de Acreditada Plena. Quando a instituição cumpre integralmente com os requisitos dos níveis 1,2 e 3 é qualificada como Acreditada com Excelência. No nível 3, o princípio é de excelência em gestão, e a instituição já deve demonstrar uma cultura organizacional de melhoria contínua e maturidade institucional. Quando a instituição cumpre integralmente os requisitos dos níveis 1, 2 e 3, ela é qualificada como Acreditada com Excelência.

As principais vantagens do Certificado de Acreditação estão baseadas na mudança de cultura e comportamento das instituições. O engajamento de todos os profissionais é fundamental para gestão, mapeamento, indicadores e análise crítica dos processos, assim como a análise de riscos e eventos adversos que trazem inclusive melhorias contínuas e sustentadas para diminuição de custos.

Quais as vantagens na implantação de um sistema de gestão da Qualidade ONA?
Para a organização, significa definir e gerenciar processos fundamentais para trabalhar com o ciclo de melhoria contínua. E, com isso, busca, maior satisfação dos clientes, maior participação no mercado, redução de custos, maior competitividade, otimização de processos.

Entre os clientes, pretende alcançar a maior confiança nos serviços prestados e a satisfação nos serviços adquiridos. E para os colaboradores, visa a maior integração entre os setores, a melhoria no desenvolvimento individual e coletivo, menor possibilidade de acidentes de trabalho, melhoria da qualidade e produtividade e valorização no currículo profissional/capacitação.

 

A Acreditação é um processo que envolve toda a estrutura da instituição de saúde e promove uma grande mudança na gestão. Acreditação sem ação é nula! Não perca tempo!! ACREDITE-SE!!!

 


© 2017 IBOL - A cópia deste conteúdo está autorizada, desde que citada a fonte.